Eu posso pregar a palavra de Deus?

Mateus 28:16-20

Os onze discípulos foram para a Galileia, para o monte que Jesus lhes indicara.

Quando o viram, o adoraram; mas alguns duvidaram.

Então, Jesus aproximou-se deles e disse: “Foi-me dada toda a autoridade nos céus e na terra.

Portanto, vão e façam discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo,

ensinando-os a obedecer a tudo o que eu ordenei a vocês. E eu estarei sempre com vocês, até o fim dos tempos”.

Romanos 10:8-15

Mas o que ela diz? “A palavra está perto de você; está em sua boca e em seu coração”, isto é, a palavra da fé que estamos proclamando:

Se você confessar com a sua boca que Jesus é Senhor e crer em seu coração que Deus o ressuscitou dentre os mortos, será salvo.

Pois com o coração se crê para justiça, e com a boca se confessa para salvação.

Como diz a Escritura: “Todo o que nele confia jamais será envergonhado”.

Não há diferença entre judeus e gentios, pois o mesmo Senhor é Senhor de todos e abençoa ricamente todos os que o invocam,

porque “todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo”.

Como, pois, invocarão aquele em quem não creram? E como crerão naquele de quem não ouviram falar? E como ouvirão, se não houver quem pregue?

E como pregarão, se não forem enviados? Como está escrito: “Como são belos os pés dos que anunciam boas-novas!”

2Timóteo 1:8 “Portanto, não se envergonhe de testemunhar do Senhor, nem de mim, que sou prisioneiro dele, mas suporte comigo os meus sofrimentos pelo evangelho, segundo o poder de Deus…”

Atos 1:8 “Mas receberão poder quando o Espírito Santo descer sobre vocês, e serão minhas testemunhas em Jerusalém, em toda a Judeia e Samaria, e até os confins da terra. “

Atos 4:33 “Com grande poder os apóstolos continuavam a testemunhar da ressurreição do Senhor Jesus, e grandiosa graça estava sobre todos eles. “

Atos 5:32 “Nós somos testemunhas destas coisas, bem como o Espírito Santo, que Deus concedeu aos que lhe obedecem. “

Atos 10:42 “Ele nos mandou pregar ao povo e testemunhar que foi a ele que Deus constituiu juiz de vivos e de mortos. “

Atos 20:24 “Todavia, não me importo, nem considero a minha vida de valor algum para mim mesmo, se tão somente puder terminar a corrida e completar o ministério que o Senhor Jesus me confiou, de testemunhar do evangelho da graça de Deus. “

Atos 23:11 “Na noite seguinte o Senhor, pondo-se ao lado dele, disse: “Coragem! Assim como você testemunhou a meu respeito em Jerusalém, deverá testemunhar também em Roma”. “

 Êxodo 23:2 “Não acompanhe a maioria para fazer o mal. Ao testemunhar num processo, não per­verta a justiça para apoiar a maioria… “

 João 15:27 “E vocês também testemunharão, pois estão comigo desde o princípio. “

João 18:37 “”Então, você é rei!”, disse Pilatos.
Jesus respondeu: “Tu dizes que sou rei. De fato, por esta razão nasci e para isto vim ao mundo: para testemunhar da verdade. Todos os que são da verdade me ouvem”.”

Mateus 10:32 “Quem, pois, me confessar diante dos homens, eu também o confessarei diante do meu Pai que está nos céus.”

Provérbios 11:30 “O fruto da retidão é árvore de vida, e aquele que conquista almas é sábio. “

O que nos faz discípulos de Jesus é testemunhar, com nossos atos e nossas atitudes, que nós cremos que Jesus é o Nosso Senhor!

“Portanto, todo aquele que se declarar a meu favor diante dos homens, também eu me declararei em favor dele diante do meu Pai que está nos céus” (Mateus 10, 32).

Em muitas cidades ou países proclamar a Fé é crime e pode até levar a morte. Porém, mesmo em lugares como esses, a palavra de Deus tem sido ouvida através de pessoas que receberam o chamado de levar a sua palavra e que preferem enfrentar o mundo a ter que responder a Deus. Porém, eles não necessariamente usam de palavras para falar de Deus. O seu modo de vida, tempo de oração, comunhão com Deus, capacidade de amar e perdoar o próximo, são passos que Jesus quer para você.

Nós temos um diferencial, não é porque a nossa religião seja melhor ou mais importante do que as outras. É porque a força do Evangelho, em nós, nos chama, nos ajuda e nos encoraja a sermos sal, luz e fermento no mundo. Ser sal, luz e fermento no mundo significa viver de forma genuína a mensagem do Evangelho em nosso coração.

O perdão para nós é força de vida! Amar quem não nos quer bem é decisão evangélica, por isso, esses cristãos [onde há perseguição religiosa] vivem no mundo em que estão impedidos de viver a sua fé pelo testemunho.

E se onde nós estamos há liberdade de culto, liberdade de pregar o Evangelho, aí é que não podemos relaxar, aí é que o nosso testemunho precisa ser mais convicto. Não é o fato de carregarmos uma cruz e lermos a Bíblia ou de irmos para a igreja que nos torna melhores ou maiores cristãos – isso nos torna até mais responsáveis. Mas o que nos faz discípulos de Jesus é testemunhar, com nossos atos e nossas atitudes, que nós cremos que Jesus é Nosso Senhor!

Compartilhar Jesus não é secundário, é central.

Porque eu tenho medo de compartilhar a minha fé?

Não temos vergonha de ser diferentes e dizer para o mundo que Deus faz diferença! Precisamos em primeiro lugar testemunhar com a nossa vida qual é o tamanho do amor que nós temos por Deus

Isaías 55:11 “Assim será a palavra que sair da minha boca: ela não voltará para mim vazia, antes fará o que me apraz, e prosperará naquilo para que a enviei.”

Mateus 5:11-12 “Bem-aventurados serão vocês quando, por minha causa, os insultarem, os perseguirem e levantarem todo tipo de calúnia contra vocês. Alegrem-se e regozijem-se, porque grande é a sua recompensa nos céus, pois da mesma forma perseguiram os profetas que viveram antes de vocês.”

Mateus 10:16-20 “Eu os estou enviando como ovelhas no meio de lobos. Portanto, sejam astutos como as serpentes e sem malícia como as pombas. Tenham cuidado, pois os homens os entregarão aos tribunais e os açoitarão nas sinagogas deles. Por minha causa vocês serão levados à presença de governadores e reis como testemunhas a eles e aos gentios. Mas, quando os prenderem, não se preocupem quanto ao que dizer, ou como dizê-lo. Naquela hora, será dado o que dizer, pois não serão vocês que estarão falando, mas o Espírito do Pai de vocês falará por intermédio de vocês.”

Você tem medo de falar da sua fé para parentes, amigos, conhecidos ou estranhos? Então você está em boa companhia, porque a maioria das pessoas sentem o mesmo medo por diversos motivos.

Eu consigo citar 4 motivos para você ter medo de falar de Jesus:

a) Medo de ser rejeitado;

 

b) Medo de não saber o suficiente;

Uma pesquisa revelou que a maioria dos cristãos que conduzem um não-cristão à Cristo o fazem no primeiro ou segundo ano após se converterem.
Um conhecimento abundante não é um requisito para alguém ser um instrumento de Deus.

 

c) Medo de ofender a um amigo ou parente;

Com freqüência dizemos que faríamos qualquer sacrifício por alguém a quem amamos, mas quando é o momento de ajudá-los a tomar a mais importante decisão de suas vidas. A eternidade. Colocamos um monte de dificuldades e barreiras.
Se você ver um carro vindo em direção de um amigo ou parente, dirá a ele: “Cuidado!” ou permitirá que o atropele porque não quis gritar para que ninguém se assuste? O inferno é real. Você optará ficar calado e deixar que seus amigos e parentes vá para lá?

 

d) Medo de ser ridicularizado ou perseguido.

Alguns cristãos raramente experimentam perseguições. Uma das razões é que os cristãos não parecem o suficiente com Cristo. Parecem mais com agentes secretos onde ninguém pode saber que ele é cristão. Você acha que não vale apena correr o risco do ridículo ou até da perseguição por falar a um não-crente a respeito de Cristo? Leia o que se diz dos apóstolos por terem sofrido perseguição:

Atos 5:40-42 “Eles foram convencidos pelo discurso de Gamaliel. Chamaram os apóstolos e mandaram açoitá-los. Depois, ordenaram-lhes que não falassem no nome de Jesus e os deixaram sair em liberdade. Os apóstolos saíram do Sinédrio, alegres por terem sido considerados dignos de serem humilhados por causa do Nome. Todos os dias, no templo e de casa em casa, não deixavam de ensinar e proclamar que Jesus é o Cristo.”

Não importa o motivo, mas, Deus sempre estará com você para ajuda-lo e seja qual for a montanha, ele a removerá para que fale da sua fé. 

a) A quem devo falar?

A qualquer um. Não precisa ir do outro lado do mundo para falar de Jesus. No dia a dia, do seu lado, existem pessoas que precisam ouvir sobre Ele.

Tenha uma resposta pronta.

1Pedro 3:15 “Antes, santifiquem Cristo como Senhor em seu coração. Estejam sempre preparados para responder a qualquer pessoa que pedir a razão da esperança que há em vocês.”

 

Tenho confiança para compartilhar a minha fé?

Vamos ser honestos – as dúvidas são uma realidade na fé cristã. Fé, em sua essência, é o “firme fundamento das coisas que se esperam, a confiança de que as coisas não vêem” (Hebreus 11. 1). No versículo de hoje você lê algo surpreendente. Depois de Sua morte e ressurreição, Jesus está de pé na frente de seus discípulos, ensinando-os, e ainda “alguns duvidaram.” Como poderiam duvidar? Ou talvez você está pensando: Como é que eu vou contar aos outros sobre Jesus quando Seus próprios discípulos tiveram dificuldades em acreditar?

Ao invés de deixar isso ser um desânimo, deixe isso te incentivar. Os Apóstolos lutavam para acreditar, eles foram facilmente distraídos, e a dúvida era uma realidade em suas vidas. E, no entanto Jesus ainda os amava e foi gentil para com eles, mesmo em sua dúvida. Assim é na vida cristã hoje. O fato de que você duvida não te desqualifica das bênçãos ou obras do Reino. Não deixe sua dúvida causar silêncio sobre sua fé. Em vez disso, seja honesto sobre suas dúvidas com quem você está compartilhando, vá ao Senhor para obter respostas, e Ele será fiel. À medida que crescemos em nosso relacionamento com Jesus, peça para Ele responder às suas perguntas e dúvidas.

A leitura de hoje é conhecido como “A Grande Comissão”, a vocação de cada crente em ir e espalhar a notícia de Jesus e o que isso significa para todo aquele que crê. No fundo deste mandamento há uma pequena promessa. Jesus disse: “e eis que eu estou convosco todos os dias”. Jesus deu aos discípulos uma visão de quando eles poderiam experimentar a Sua proximidade. É quando eles vão.

Quando você é obediente em compartilhar a notícia de Seu amor e paz, quando você assume o risco de evangelizar, orar por alguém que não conheço, mantendo sua fé mesmo quando nos custa alguma reputação, Jesus diz que Ele é com você . Ele está próximo.

Dê um passo hoje. Decida hoje compartilhar o amor de Deus com alguém compartilhando este vídeo. Você é o embaixador de Cristo para aqueles que precisam de Jesus em sua casa, seu bairro, seu local de trabalho e sua cidade. Deus está com você. Se Deus é por você, quem pode ser contra você?

 

Conclusão

Perguntas como essas podem ser usadas para iniciar uma conversa:

Mesmo se o seu amigo mencionar que não acredita ou concorda com a Bíblia, é melhor não discutir. Você pode afirmar que simplesmente quer que ele entenda o que a Bíblia diz sobre a eternidade. Não é maravilhoso saber que não temos a responsabilidade de convencer? Isso é tarefa de Deus. Tudo o que podemos fazer é compartilhar. Quando tivermos compartilhado, teremos feito a vontade de Deus. Testemunhar de Cristo é uma atividade sem fracasso

Fabio Santos

Fabio Santos é empreendedor focado na área de desenvolvimento de sistemas para e-Commerce e em difundir para o maior número de pessoas na cidade de Joinville e todo o mundo a palavra do nosso senhor Jesus Cristo.

More Posts

Avalie o autor:

Comentários

comentários

Tags : , , , ,

Se você gostou deste post, por favor considere a deixar um comentário ou assinar o feed e obter futuros artigos entregues ao seu leitor de feed?.

Deixar comentário